ExcursoesVeneto

Conheça as Refeições italianas

Compartilhe no Facebook

Café da manhã

 

O típico café da manhã italiano é composto de alimentos doces, como biscoitos, croissant doces,
pães com nutella, chocolate ou geléia, iogurte, cereais.  Acompanhado de café, chá, capuccino, sucos e leite.

Muitos hotéis servem um café da manhã internacional com alimentos salgados com manteiga, ovos, queijos, frutas frescas, ensacados, ovos. Se você está acostumado com este tipo de alimentação é melhor perguntar durante a reserva do hotel.

É tradicional que os italianos realizam o café da manha no bar ou na dolceria, com um belo expresso ou capuccino e un croissant com chocolate ou geléia.

 

 

Almoço e Jantar

 

Na Itália, a refeição é um momento importante e existem vários pratos que são servidos na seguinte sequência: Antipasto, primo piatto, secondo piatto, contorno, frutta, dolce e digestivo, sempre acompanhado por pães.

Antipasto: Entrada

As entradas são compostas de alimentos à base de peixes marinados ou defumados, moluscos, crustáceos, verduras, carnes, salumes e queijos.

Primo piatto: Primeiro prato

São pratos elaborados com massas, risotos, sopas. É uma característica importantíssima da culinária italiana. Cada região italiana possui um tipo de massa. Conheça as massas italianas de cada região.

Secondo piatto: Carnes brancas ou vermelhas

é a parte da refeição mais protéica, como carnes brancas, vermelhas e ovos. Existem inúmeros modos de preparação de acordo com cada região. Geralmente, as cidades litoraneas possuem os peixes e crustáceos como segundo prato.

Contorno: Acompanhamentos

Servem como acompanhamento verduras cruas e cozidas, batatas e funghi. Quentes servidos no inverno, frios servidos no verão.

Fruta

Por não ser um país tropical, e são consumidas apenas frutas de época na Itália. Atenção: a banana é importada, assim como as frutas tropicais como manga, mamão.
Janeiro: laranjas, bananas, tâmaras frescas, limões, tangerinas, kiwi, toranja

Fevereiro: laranjas, bananas, limões, tangerinas, kiwi, toranja, peras

Março: laranjas, bananas, limões, maçãs, peras

Abril: laranjas, bananas, morangos, limões, toranja

Maio: laranjas ovais, banaas, cerejas, morangos e nesperas

Junho: damascos, bananas, cerejas, morangos, amoras, mirtilos, nesperas, pessegos, ameixas,  framboesa

Julho: damascos, melancia, cerejas, figos, morangos, framboesa, amêndoas frescas, melão, mirtilos, amoras, peras, pessego, ameixa.

Agosto: melancia, bananas, figos, morangos, framboesa, maçãs, romã, melão, amoras, peras, pessegos, ameixas

Setembro: bananas, figos, limoes, framboesa, amendoas, maçãs, romã, melão, amoras, peras, pessegos, ameixa e uva

Outubro: abacaxi, bananas, caqui, castanhas, limoes, amendoas, romã, maçãs, avelã, nozes, peras, uva

Novembro: abacaxi, laranjas, maças, caqui, cidra, kiwi, limão, tangerinas, mexericas, romã, maçã, avelã, toranja

Dezembro: abacaxi, laranja, cidra, kiwi, limão, tangerinas, maçã, nespera, avelã e toranja.


Doces

Os doces regionais e tradicionais são os mais consumidos. Algumas receitas são feitas tradicionalmente para festejar as festas locais, a festa do santo, Natal, Páscoa, Carnaval, Finados.

Fonte: La cuochina sopraffina

 

 

Saiba ir no restaurante certo

 

Algumas vezes, ouvi de algumas pessoas que come-se mal na Itália. É uma heresia em confronto com o comportamento que os italianos tem com a culinária.

É necessário saber onde ir para não encontrar surpresas desagradáveis. Atualmente, muitos restaurantes estão sendo comprados por pessoas de outras nações, que ao invés de modificar o restaurante adaptado para a sua cozinha. Provam a cozinhar italiano... acarretando que a qualidade e a forma de cozinhar nao é a mesma.

A Itália tem uma ampla escolha de restaurantes, trattoria, osteria e pizzaria.
Então, é melhor se informar antes.

Fique atento aos tradicionais guias como Gambero Rosso,  Guia Michelin. E os guias com comentários como Tripadvisor. E depois pergunte à Recepção do seu hotel.

Se você tem alguma restrição alimentar. Avise ao garçom, assim você não terá problemas de comunicação em casos de alergia de crustáceos (muito usado na cozinha italiana), celiacos, vegetarianos, vegan e comida kosher, intolerância à lactose, entre outras.

Restaurantes Judaicos

Em cidades como Veneza e Roma, os ghettos sao antiguíssimos e os restaurantes kosher são ótimos.
Veja a lista dos restaurantes judaicos entre outras cidades também.

Restaurantes para celiacos

Para os celiacos, você pode conferir nossa lista de restaurantes!

Você preparando a sua viagem?

Conheça os pratos típicos e os restaurantes em Veneza.

 

Qual é a diferença entre Osteria e Trattoria?

 

Atualmente, a diferença não é abisal entre a Trattoria e Osteria, e sim um fato ligado as tradições e origens destes tipos de local. A origem delas sim as diferencia realmente.
O surgimento da Osteria se deve a um local de passagem onde era possível consumir vinhos e algum prato casa, que aos poucos se tornou um lugar de divertimento e era possível também se hospedar.

Atualmente, a Osteria é um local com poucas mesas, dando a sensação de exclusividade. Não possui um cardápio vário da culinária local e bons vinhos. Ambiente familiar. Na maior parte, os preços de uma Osteria  variam entre 15- 30 Euros.

Trattoria é um estabelecimento para o consumo de refeições, quase sempre de cozinha regional de ótima qualidade porém com uma atmosfera familiar e menos refinado que um restaurante.

Em grande parte dos casos são locais famosos pelo cuidado na qualidade e preparação dos alimentos e muito frequentados por locais. Os preços variam entre 30-50 Euros.
Inserir comentário


Nome(*):
Email:
Website:
Comentar(*):
Código na imagem: This is a captcha-picture. It is used to prevent mass-access by robots. (see: www.captcha.net)
 

Encontre seu hotel


Chegada

Saída

Publicidade

Error!

ERROR: could not find an image to display Error: Database Error! 


Error!

ERROR: could not find an image to display Error: Database Error! 



Newsletter ItáliaHotéis